domingo, 17 de março de 2013

Módulo Intermediário - Aula 17 - Acessórios

Além dos filtros e anéis, que são acessórios muito úteis para as nossas lentes, também existem outros acessórios que podem ser úteis para a nossa câmera. Vamos conhecer os mais importantes!


Para-sol

O para-sol na verdade não é um acessório para a câmera. Assim como os filtros, também é um acessório que é rosqueado na parte frontal da lente. Mas como ele não se enquadra como filtro e nem como anel, acabou não sendo mencionado na aula anterior. Vamos falar sobre ele agora.



Este acessório tem duas utilidades importantes. A primeira, é proteger a lente. Quando você menos espera, acidentes podem acontecer. Portanto, caso aconteça de bater ou derrubar a lente sem querer, a chance de ela receber algum dano severo diminui bastante, se ela estiver com um para-sol.

É uma ótima alternativa de proteção para quem não gosta de usar filtro UV, podendo também ficar na lente o tempo todo. A segunda utilidade, é atenuar dois efeitos de luz: o Flare e o Glare.

O efeito Flare (pronuncia-se "flér") acontece devido a uma reflexão de luz no interior da própria lente. Você com certeza, mesmo que sem querer, já fez uma foto com este efeito.



Sabe aquelas bolas transparentes de luz, que geralmente aparecem nas fotos tiradas em dias ensolarados? Pois então, isso é o que chamamos de efeito Flare. Em alguns casos pode até combinar com a foto e dar um charme à ela, mas de modo geral é um efeito indesejável. Com o uso do para-sol, o Flare é quase totalmente eliminado.



Já o efeito Glare (pronuncia-se "glér"), acontece quando uma fonte de luz forte (o Sol, por exemplo) fica parcialmente enquadrada próxima à borda da foto. O Glare faz com que o contraste seja bastante diminuído na área da foto onde está presente. Em fotos com um clima suave, por exemplo, pode até cair bem, mas no geral, é outro efeito também indesejável.



Diferente do Flare, o Glare só é parcialmente reduzido com o uso do para-sol. É muito difícil eliminá-lo por completo.

Existem dois tipos de para-sóis: o Circular (também chamado de Cilíndrico) e o Tulipa (também chamado de Pétala). O circular é usado nas lentes normais e nas teleobjetivas. Já o tulipa, nas lentes grande-angulares e nas olho de peixe.




É muito importante usar o para-sol certo, com o modelo específico projetado para a sua lente. Apesar de existirem apenas dois tipos de para-sóis, existem dezenas de modelos com tamanhos diferentes, projetados perfeitamente sob medida para cada lente individual.

Não compre aqueles para-sóis genéricos (sem marca ou de marca diferente da lente) que prometem servir em qualquer lente, pois é muito provável que não seja totalmente compatível com a sua. Além disso, comparados aos originais, tem uma péssima qualidade de construção.

Ao tentar usar um para-sol tipo tulipa em uma lente teleobjetiva, por exemplo, o mesmo não terá praticamente nenhum efeito na redução do Flare e do Glare. Já ao tentar usar um para-sol tipo circular em uma lente grande-angular, por exemplo, o resultado é ainda pior: parte do para-sol vai aparecer na foto, resultando em um escurecimento severo nas bordas da mesma. Este escurecimento nas bordas é chamado de Vinheta.


Assim como Flare e o Glare, a Vinheta pode até cair bem em determinadas fotos, criando um efeito interessante. Porém, é totalmente desnecessário usar o tipo errado de para-sol para produzi-la. É muito mais simples e econômico criar uma vinheta artificial em qualquer bom programa de edição, como o Lightroom ou o Photoshop.


Controle Remoto



O controle remoto da câmera funciona de maneira parecida com o da televisão. Ao pressionar o botão, ele emite um disparo de radiação infravermelha, a câmera o capta em seu receptor e interpreta o comando. O botão do controle remoto tem a mesma função do botão disparador da câmera.

Nem todas as câmeras tem um receptor infravermelho, portanto, antes de pensar em comprar um controle remoto para a sua, verifique se ela possui um receptor, consultando o manual de instruções da mesma. Além disso, caso possua, é necessário configurá-la para fotografar no "modo controle remoto". Geralmente essa função é configurada através do menu ou de um disco seletor com o símbolo do controle remoto.

Este acessório é muito útil para várias situações. Por exemplo: fotos à distância, autorretrato, macrofotografia e longas exposições. Ao utilizá-lo com a câmera no modo Bulb, pressiona-se o botão disparador uma vez para abrir o obturador (podendo ficar aberto ilimitadamente, pelo tempo desejado), e outra vez para fechá-lo.

Fotografar sem precisar encostar na câmera, também reduz bastante a possibilidade da foto sair tremida pelo movimento causado ao pressionar o botão disparador.


Cabo Disparador Remoto


Diferente do controle remoto, este disparador é conectado a câmera através de um cabo. Vale lembrar que para adquirir este acessório, é importante que você verifique antes se a sua câmera possui uma entrada para acessórios, compatível com o modelo do disparador.

Se a sua câmera não possui um receptor infravermelho mas possui entrada para acessórios, este cabo disparador pode ser uma boa alternativa com a mesma função. Só que talvez este não seja o único motivo pela qual você queira usá-lo, pois o mesmo possui muito mais funções do que o controle remoto.




Modelos iguais ou similares aos da imagem acima, permitem programar funções como:

DELAY: Tempo de atraso para começar o ciclo de fotos, após pressionar o botão de início (de 1 segundo até 99 horas, 99 minutos e 99 segundos).

LONG: Tempo de exposição de cada foto (de 1 segundo até 99 horas, 99 minutos e 99 segundos).

INTVL: Tempo de intervalo entre uma foto e outra (de 1 segundo até 99 horas, 99 minutos e 99 segundos).

N: Número total de fotos a fazer, após o tempo de atraso chegar ao fim (de 1 a 399 ou ilimitadas, até que o botão de finalizar seja pressionado).

Símbolo de Som: Ativar ou desativar os avisos sonoros.

Além disso, a maioria dos modelos possuem um botão que acende a luz no visor, para poder usar à noite sem dificuldade, e também bloqueia todas as funções, evitando um pressionamento de botão acidental.

Este acessório é amplamente utilizado para a realização da técnica Time Lapse (Lapso de Tempo), que consiste em fazer várias fotos sequenciais (com pequenos intervalos de tempo entre uma e outra) do mesmo lugar durante um longo período de tempo (geralmente várias horas, ou até mesmo dias), e posteriormente compilá-las em um vídeo, mostrando uma grande passagem de tempo em poucos segundos (ou minutos, dependendo do resultado final).

Veja um exemplo de Time Lapse.





Punho de Bateria (Battery Grip)



O Punho de Bateria, mais conhecido como Battery Grip, ou simplesmente Grip, é um acessório muito útil para a sua DSLR. O Grip tem duas principais funções. A primeira é melhorar a empunhadura da câmera, principalmente para fotografar na orientação retrato.


No Grip, há uma repetição do botão disparador e também de outros botões mais comumente utilizados já presentes na câmera, permitindo fotografar praticamente com a mesma pegada e o mesmo conforto da orientação paisagem.

Agora imagine você fotografando um casamento, e bem na hora do beijo a bateria resolve acabar! Seria um desastre, não é? Então saiba que a outra função do Grip poderia te salvar nesta situação, pois com ele é possível usar duas baterias simultaneamente.

Quando acaba a carga da primeira, a segunda já é acionada imediatamente. Nada melhor que não precisar parar de fotografar um momento importante só para trocar a bateria, não é mesmo?


Alguns modelos ainda oferecem a opção de substituir a caixinha de encaixe das baterias por outra com encaixe para pilhas AA, possibilitando ter uma autonomia de várias horas onde quer que você vá (desde que leve muitas pilhas com você, claro).



Créditos: Vincent Laforet

Dependendo do modelo da câmera, o Grip pode ser conectado a ela de maneira diferente. Alguns são conectados com um contato comprido, que entra no lugar da bateria. Outros, através de um pequeno cabo. Já outros, somente nos contatos elétricos que se encontram na parte inferior da câmera.




O que todos tem em comum, é que se acoplam na câmera usando o parafuso de encaixe para tripé. Mas não se preocupe, você não vai precisar remover o Grip da câmera cada vez que for usá-la no tripé, pois ele também possui o mesmo encaixe em sua parte inferior.

Até a próxima aula!

Aula Anterior   Próxima Aula