segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Módulo Intermediário - Aula 6 - Focus Stacking

Focus Stacking, do Inglês, significa foco de empilhamento. Na aula anterior aprendemos como fazer o bracketing de exposição para produzir uma foto em HDR. Nesta aula vamos aprender a fazer o bracketing de foco, para produzir uma foto com a técnica Focus Stacking. Para isto, vamos precisar de um programa citado na aula 1 deste módulo, o Adobe Photoshop.


A técnica, assim como para as fotos em HDR, consiste em fazer duas ou mais fotos do mesmo assunto, mas ao invés de variar a exposição em cada uma delas, se varia o ponto de foco. Como resultado, temos uma foto final com o foco controlado em todas as áreas que desejamos.

Você provavelmente deve estar pensando "Mas não é mais fácil simplesmente fazer uma só foto com uma abertura pequena, como f/16?". Dependendo da situação, é. Mas quando você usa uma abertura pequena, toda a foto, ou grande parte dela fica em foco. E se você deseja deixar somente um assunto totalmente em foco e o resto desfocado? Nem sempre vai existir uma abertura exata que vá suprir a necessidade exata das suas pretensões.

Um dia você vai acabar se deparando com uma situação em que se você usar uma abertura maior, partes essenciais vão ficar desfocadas, e se usar uma abertura menor, partes desnecessárias vão ficar focadas. A solução? Produzir uma única foto usando a técnica Focus Stacking. Esta técnica é bastante útil em fotos macro, aquelas com assuntos muito próximos a lente da câmera. Vamos ver um exemplo.



Repare que na foto única usando a abertura f/16, o fundo colorido ficou totalmente em evidência, tirando totalmente a atenção do assunto principal da foto, a planta. Na outra foto, 5 fotos em f/1.4 foram unidas em uma só, usando a técnica Focus Stacking. O resultado final ficou muito melhor. Somente a planta ficou totalmente em foco, enquanto o fundo colorido ficou borrado, deixando o assunto principal muito mais evidente.



Mas afinal, qual a utilidade de se unir várias fotos com uma abertura grande? Não seria mais fácil fazer só uma foto com abertura grande que o resultado seria o mesmo? A resposta é não. Observe como fica uma única foto com a abertura grande.



O fundo ficou desfocado como o desejado, porém, em consequência da grande abertura, inclusive outras partes do assunto principal também ficaram desfocadas. Se esta fosse a intenção, a foto estaria boa, mas neste caso esta não é a nossa intenção.

Resumidamente, tanto usando uma abertura grande quanto usando uma abertura pequena, o resultado não fica bom. Poderíamos até testar aberturas intermediárias entre grandes e pequenas, mas mesmo assim o resultado não ficaria perfeito, devido a grande proximidade do assunto ao fundo. O fundo sempre iria atrapalhar ou alguma parte importante ficaria desfocada. O resultado seria sempre o mesmo: insatisfatório.

Para contornar esta situação, vamos recorrer a técnica Focus Stacking. O primeiro passo é tirar duas ou mais fotos do mesmo assunto com pontos de foco diferentes. O número de fotos que devem ser feitas vai depender de alguns fatores, como a abertura utilizada, a distância focal da lente, a distância entre a lente da câmera e o assunto e a distância entre o assunto e o fundo.

Faça alguns testes e descubra quantas fotos diferentes serão necessárias para obter o melhor resultado. Neste exemplo, 5 fotos diferentes em f/1.4 foram utilizadas. Com esta abertura grande, é possível definir a área de foco exata que pretendemos em cada foto.



Repare que em cada uma das 5 fotos o ponto de foco foi diferente. Para fazer isso, a menos que a sua câmera tenha uma área bem ampla com vários pontos de focagem automática, é recomendável utilizar o foco manual. Varie suavemente o foco em cada uma das fotos, até perceber que a área em foco está levemente diferente.

Após tirar as suas fotos, descarregue-as no computador e abra o Photoshop. Acompanhe o passo-a-passo de como produzir o resultado final com o Photoshop no vídeo abaixo. Para visualizar melhor, assista ao vídeo em tela cheia na qualidade HD.


Se tiver qualquer dúvida, é só perguntar nos comentários. Espero que tenham gostado desta primeira aula com explicações em vídeo. Sempre que for possível, vou tentar fazer uma parte das aulas em vídeo, por ser mais dinâmico e menos cansativo do que ler textos enormes.

Até a próxima aula!

Aula Anterior   Próxima Aula