segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Módulo Básico - Aula 13 - Os Tipos de Câmeras - Parte 1

Agora que você já sabe um pouco mais sobre as principais características da fotografia mostradas nas aulas anteriores, é hora de conhecer os tipos de câmeras que o mercado oferece. Agora, com mais conhecimento, talvez você queira comprar uma câmera nova, ou se você já tem uma, talvez queira comprar um modelo atual mais avançado. Nesta e na próxima aula vamos aprender sobre as principais características de cada tipo de câmera.


Os Tipos de Câmeras - Parte 1

Celular


Modelo Exemplo: Apple iPhone 3G

Antigamente, a única função do celular era fazer ligações. Com a constante evolução da tecnologia, criou-se a necessidade da função câmera, entre outras, todas no mesmo aparelho. Nos tempos de hoje, praticamente ninguém vive sem o seu celular à mão. O que seria mais conveniente do que ter a facilidade de um aparelho que está sempre com você que serve para fazer ligações em conjunto com a comodidade de poder registrar os seus momentos?

Apesar disso, eu diria que as primeiras câmeras de celulares foram um verdadeiro fracasso, com uma qualidade VGA(640x480) ridiculamente ruim se comparada com câmeras igualmente portáteis, mas com qualidade muito superior. Hoje em dia, as câmeras de celular alcançam uma qualidade satisfatória. É verdade que ainda não chegam a se comparar a outras câmeras melhores em muitas coisas, mas levando em consideração a portabilidade e alguns outros fatores, não deixa de ser uma opção.

Vejamos as vantagens e desvantagens.

Vantagens

- Portabilidade: Todos os celulares atuais com câmera são muito leves e compactos, podendo levar pra qualquer lugar no bolso com muita facilidade.

- Multifunções: Antes, quando se ia para uma balada, por exemplo, costumava-se levar o celular para ligar e enviar mensagens para os amigos e uma câmera para tirar fotos. Hoje em dia isto é coisa do passado. Levando apenas o seu celular, você consegue executar as duas tarefas ao mesmo tempo em um único aparelho.

- Preço: Com a alta popularidade dos celulares, os preços estão cada vez mais acessíveis, tanto dos modelos mais comuns quanto dos modelos mais avançados, com câmeras um pouco melhores.

Desvantagens

- Baixa Resolução: A resolução das câmeras de celular ainda não é o seu forte nos tempos atuais. É difícil encontrar celulares com câmera de resolução superior a 5 megapixels.

- Sensor Pequeno: Por ter outras funções além da câmera, o espaço interno do celular é ocupado com muitas coisas além do sensor, sobrando pouco espaço para um sensor maior. Sensores pequenos costumam reproduzir cores pouco fiéis e altas taxas de ruído, principalmente em fotos com pouca iluminação.

- Escuro: Por ter um sensor pequeno e configurações muito limitadas, a iluminação nas fotos costuma ser um grande problema. Em condições de baixa iluminação é praticamente impossível tirar uma foto sem ficar tremida, devido a limitada baixa velocidade do obturador. Alguns modelos dispõe de um pequeno flash incorporado, que na verdade mais serve como enfeite luminoso do que como flash, por causa de sua baixíssima potência.

Conclusão Final: É útil para fotos sem compromisso, como do seu gato, do seu filho, da balada com seus amigos, ou mesmo quando se esquece, ou não quer levar outra câmera mas gostaria de registrar um momento mesmo assim. Para quem não se preocupa com a qualidade da imagem e deseja ter apenas recordações simples e sem compromisso para si mesmo, sua família e amigos, é uma ótima escolha.



Compacta


Modelo Exemplo: Sony Cyber-Shot DSC-W370

O segundo tipo de câmera mais popular depois do celular. Nada mais conveniente do que uma câmera tão pequena e leve como um celular, mas com uma qualidade muito superior. Possuindo na maioria das vezes controles totalmente automáticos, é a classica "Point-and-Shot", onde o único trabalho a ser feito é enquadrar e apertar o botão de disparo do obturador.

Vantagens

- Portabilidade: Assim como os celulares, as câmeras compactas também são muito leves e pequenas, podendo levar pra qualquer lugar no bolso com muita facilidade.

- Preço: As primeiras câmeras digitais compactas que surgiram no mercado eram bastante caras, podendo uma câmera de 1.3 megapixels chegar a um preço superior a R$ 500, dependendo da marca e do modelo. Felizmente a realidade de hoje é muito diferente, podendo encontrar câmeras de alta resolução como de 12 a 16 megapixels custando facilmente menos de R$ 400, um preço bastante acessível a qualquer pessoa.

- Resolução: A maioria das compactas atuais não tem menos do que 10 megapixels, uma quantidade mais do que perfeita para fazer ampliações de suas fotos sem perda de qualidade.

- Versatilidade: Câmeras compactas costumam oferecer as mais diversas opções de modelos, cada um com as suas características diferentes. Existem modelos com tela LCD maior, com duas telas LCD(traseira e frontal), com tela LCD móvel, com touch screen, à prova d'água, com resistência a impactos, entre outras coisas.

- Zoom Óptico: A maioria dos modelos de câmeras compactas costumam ter uma taxa de zoom óptico de 3x a 8x, facilitando muito a vida de quem gosta de fotografar assuntos mais distantes sem ter que se aproximar muito, ou mesmo quer fotografar um plano mais fechado de um mesmo assunto sem ter que dar alguns passos à frente.

Desvantagens

- Sensor Pequeno: Mesmo tendo um sensor consideravelmente maior do que o de uma câmera de celular, ele continua sendo muito pequeno. Em locais de luminosidade mais baixa, por exemplo dentro de casa a noite sob a iluminação de uma lâmpada fluorescente comum, a imagem já tende a ficar com um pouco de ruído. Em situações com menor iluminação do que isso, a qualidade da imagem deixa muito a desejar.

- Velocidade: Uma coisa que incomoda bastante nas câmeras compactas é a sua lentidão entre o momento em que se pressiona o botão de disparo do obturador e o momento em que a foto realmente é feita. Dificilmente se consegue bons resultados para fotos de momentos rápidos. Por exemplo, se você for tentar tirar uma foto dos seus amigos no ar, pulando, é bem provável que mesmo você fazendo o clique no momento exato em que eles estão no meio do ar, a câmera só registre de verdade a fotografia quando todos já estão no chão, justamente por culpa deste atraso.

- Ausência do Visor Ocular: Para quem era acostumado com as antigas câmeras de filme, isto pode ser um incômodo. Nas câmeras compactas, dependemos totalmente do visor LCD para fotografar. Para os entusiastas mais novos da fotografia pode ser apenas um ponto positivo fotografar desta maneira, mas acredite, para muitos isto faz uma tremenda falta, até porque a estabilização diminui consideravelmente ao fotografar desta maneira, já que não apoiamos a câmera no rosto, mas apenas entre as mãos.

- Controles Manuais Limitados: É verdade que quem compra uma câmera compacta, na maioria das vezes, espera apenas ter o trabalho de apertar o botão para tirar a foto, mas muitos profissionais também não dispensam o uso das compactas como câmera secundária para alguns tipos de trabalhos. Deixar que a câmera escolha tudo por você pode ser ótimo se a sua única finalidade é tirar fotos sem compromisso, mas se você pretende obter melhores resultados controlando as configurações a seu gosto, as compactas vão te limitar em muitos aspectos.

Conclusão Final: Ótimo tipo de câmera para fotos em geral. Melhor do que a câmera de celular, com maior resolução e ao mesmo tempo com a mesma portabilidade, é uma ótima opção para as fotos do seu dia-a-dia, viagens e outras coisas. Deixa um pouco a desejar em fotos com condição de iluminação precária e de movimentos rápidos.

Super Zoom/Ultra Zoom/Bridge/Prosumer


Modelo Exemplo: Nikon Coolpix P500

Existem vários nomes para denominar este tipo de câmera, sendo os mais comuns Super Zoom ou Ultra Zoom, justamente devido a sua característica principal, o zoom. Também chamada de Bridge, "ponte" em Inglês, por ser classificada como uma câmera que faz ponte entre o caminho amador e o profissional. Pode ainda ser chamada de Prosumer, junção de professional + consumer, traduzido literalmente como "consumidor profissional", onde normalmente o consumidor que busca este tipo de câmera é aquele mais avançado e exigente.

Vantagens

- Zoom Óptico: Como o próprio nome já diz, o grande zoom óptico é a principal característica destas câmeras. De modelos que possuem 20x aos atuais lançamentos das marcas Canon e Nikon, que possuem 35x e 36x respectivamente, podem alcançar distâncias inimagináveis. Muito útil para fotografia da natureza, do céu e outros assuntos muito distantes.

- Macro: Costumam produzir excelentes resultados para fotografias macro com distâncias incrivelmente pequenas. Os principais modelos possuem a focagem no modo macro que vão de 0cm a 5cm de distância entre a lente e o assunto. Muito bom para fotografar assuntos extremamente pequenos, como insetos, aranhas e texturas.

- Controles Manuais: Este tipo de câmera oferece o total controle manual sobre as configurações principais de exposição mencionadas nas aulas anteriores, tais como abertura do diafragma, velocidade do obturador e sensibilidade ISO. Tendo total controle sobre a exposição em sua foto, a sua imaginação é o limite, podendo obter diversos efeitos criativos.

- Fatores Extras: Alguns modelos de câmeras deste tipo possuem recursos similares as câmeras mais avançadas, tais como encaixe para flash externo, possibilidade de fotografar no formato RAW, entrada para microfone externo, entre outras coisas. Mas atenção, isto não é regra que vale para todos os modelos de câmeras deste tipo, são poucos os modelos que dispõe de um ou mais destes fatores citados.

Desvantagens

- Pouca Portabilidade: Por ter o corpo e a lente muito maiores, este tipo de câmera perde sua portabilidade. Não cabendo mais no bolso como os outros tipos, é indicado a compra de uma bolsa especial para carregá-la e armazená-la. Com o tamanho e o peso similar aos menores modelos de câmeras de nível mais avançado, este tipo de câmera também usa uma alça de pescoço fornecida junto com a câmera para facilitar a sua movimentação com ela.

- Lente Fixa: O corpo pode ser similar aos modelos de câmeras de nível mais avançado, mas diferentemente deles, a lente deste tipo de câmera é fixa, não havendo a possibilidade de trocar de uma lente pra outra conforme a necessidade.

- Sensor Pequeno: O corpo da câmera é maior, mas o sensor não. Na maioria das vezes, o sensor das câmeras deste tipo são exatamente iguais aos usados em câmeras compactas. Quando são maiores, é coisa mímima, não fazendo praticamente nenhuma diferença perceptível. Assim como nas compactas, em locais de luminosidade baixa, a imagem tende a ficar com um pouco de ruído.

- Preço: Diferente das compactas, o preço deste tipo de câmera já não é tão acessível. Por ser maior e possuir mais recursos, o preço também sobe correspondentemente. A maioria dos modelos se encontram na faixa dos R$ 1000 a R$ 2000.

Conclusão Final: É um excelente tipo de câmera para os amadores avançados, aqueles mais exigentes que buscam total controle sobre a sua câmera. Ótimo também para aqueles que tem como principal objetivo, fotografar assuntos muito distantes. Usar este tipo de câmera é uma ótima maneira de treinar o ajuste dos controles manuais, para quem pretende adquirir uma câmera de nível mais avançado futuramente.

Por hoje é só, pessoal. A aula de hoje já está grande demais, então ela vai ter duas partes. Na próxima aula, que provavelmente vai ser na semana que vem, vamos aprender sobre as vantagens e desvantagens das câmeras de nível mais avançado, as DSLR. Aguente a ansiedade e não compre ainda a sua câmera nova, espere até a próxima aula para conhecer todos os tipos de câmeras.

Até a próxima aula!

Aula Anterior   Próxima Aula